BM&FBOVESPA: BM&FBOVESPA S.A. - Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros.

CAGR: Taxa Composta de Crescimento Anual (Compound Annual Growth Rate).

CVM: Comissão de Valores Mobiliários.

EBITDA: O EBITDA é uma medição não contábil elaborada pela Companhia, conciliada com suas demonstrações financeiras. O EBITDA consiste no lucro líquido atribuível aos acionistas, acrescido do resultado financeiro líquido, do imposto de renda e da contribuição social, e das despesas com depreciação e amortização. O EBITDA não é medida reconhecida de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil ou pelas Normas Internacionais de Relatórios Financeiros (IFRS). Para fins regulatórios, o EBITDA não possui um significado padrão e pode não ser comparável a medidas com títulos semelhantes fornecidos por outras companhias. A CVM expediu em 04 de outubro de 2012 a Instrução n.º 527, que dispõe sobre a forma divulgação voluntária do EBITDA pelas companhias abertas. Tal norma somente passou a produzir efeitos a partir de 1º de janeiro de 2013, quando a Companhia passou a observar as regras nela constantes para fins de divulgação do EBITDA.

IFRS: Normas contábeis internacionais (International Financial Reporting Standards) ou Normas Internacionais de Relatórios Financeiros conforme emitido pelo International Accounting Standards Board - IASB.

PIB: Produto Interno Bruto.

JCP ou Juros sobre Capital Próprio: é um instrumento de remuneração dos sócios atrelado ao capital investido na sociedade. Permite que a sociedade remunere o acionista não só com a distribuição de dividendos como também com o pagamento de juros, em contrapartida pelo custo de oportunidade dos recursos nela mantidos, dado o tratamento tributário que recebe - despesa financeira dedutível na apuração do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) com base no lucro real.

REFIS: Programa de Recuperação Fiscal instituído pelo governo federal, que promoveu o parcelamento de débitos com a União, com redução de juros, multas e encargos sociais.

ROIC ou Return On Invested Capital: retorno sobre o capital investido - quantia, expressa como uma porcentagem, ganha sobre o capital total de uma companhia - patrimônio líquido (EQUITY), mais a dívida líquida (DEBT), calculada dividindo os lucros operacionais líquidos antes do pagamento de juros, pelo capital total. O retorno sobre o capital investido é utilizado para comparar empresas ou divisões de uma empresa, em termos de eficiência administrativa, visto que se concentra no desempenho operacional efetivo.


CÓDIGO
imgCapctha