Riscos relacionados à execução da estratégia de negócio.

  • Um dos objetivos da Quality é de continuar crescendo em grande escala nos próximos anos. Mas este crescimento é dependente de inúmeros fatores, muitos deles fora do controle da Companhia, como por exemplo, ações e regulamentações do governo;
  • A Quality vem investindo maciçamente em automação e na qualificação de seus colaboradores, sendo as ações promovidas refletindo positivamente no fluxo de caixa da Companhia. Ações para a reorganização da Companhia, corte de custo e despesas operacionais, vem propiciando um aumento relevante de produtividade e de rentabilidade;
  • Além disso, a base para o crescimento orgânico da Companhia está sustentada pela criação de pacotes de serviços específicos por verticalização de negócios nos setores onde atua, pela ampliação da equipe comercial e pelo aumento da base de parceiros de negócios;
  • O desempenho futuro dependerá da capacidade da Companhia de gerenciar o crescimento rápido e significativo das operações, do contrário, a Companhia poderá perder sua posição no mercado, o que poderá ter um efeito adverso relevante sobre sua condição financeira e resultados operacionais;
  • Adicionalmente, a estratégia para o crescimento da Quality baseia-se, também na premissa de que os setores onde a Companhia tem maior presença (óleo e gás, financeiro, seguros, jurídico e serviços) e outros em plena expansão (saúde, governo, indústria e comunicação) deverão experimentar crescimento expressivo nos próximos anos, até por conta de investimentos públicos que estão sendo realizados como forma de melhorar a infraestrutura;
  • Eventos que afetem negativamente os negócios desenvolvidos em tais setores, incluindo fatores macroeconômicos, adversidades climáticas, degradação das condições sociais brasileiras, redução dos investimentos públicos, alterações adversas introduzidas na regulamentação específica a cada um dos referidos setores, restrição de crédito, problemas com fornecedores, redução do poder de consumo dos respectivos clientes, e dificuldades no gerenciamento dos próprios negócios dos clientes, entre outros, fogem ao controle da administração da Companhia e poderão causar um efeito material adverso nas operações e resultados, bem como prejudicar a estratégia adotada para a expansão da Companhia;

Riscos relacionados à execução da estratégia de aquisições

  • A Companhia poderá experimentar crescimento mais arrojado baseado na premissa de realizar aquisições ao longo dos próximos anos, de forma a escalar rapidamente seu faturamento;
  • A Quality se considera apta a realizar o movimento de crescimento, por meio de aquisições, pois possui processo de gestão operacional forte e eficiente para receber esses novos ativos dentro de um horizonte de tempo aceitável, desde que sinérgicas ao negócio da Companhia;
  • O insucesso da estratégia de novas aquisições da Companhia poderá afetar, material e adversamente, a sua situação financeira e os seus resultados;
  • Além disso, quaisquer aquisições de maior porte que a Companhia considerar poderão estar sujeitas à obtenção de autorizações das autoridades de defesa da concorrência e demais autoridades brasileiras. A Quality pode não ter sucesso na obtenção de tais autorizações necessárias ou na sua obtenção em tempo hábil.

Riscos relacionados à capacidade de desenvolver novos produtos e serviços e de se adaptar às rápidas mudanças tecnológicas

  • O mercado de TI é caracterizado pelo acelerado desenvolvimento de novas tecnologias relacionadas, por exemplo, à evolução da capacidade de processamento e armazenamento dos equipamentos de computação, à melhoria da infraestrutura de telecomunicações e de redes, tornando mais curto o ciclo de vida dos produtos. Por outro lado ainda temos as necessidades dos clientes, que a cada dia se tornam cada vez mais complexas;
  • Para reduzir esses impactos, a Companhia deve continuar investindo maciçamente em automação, no desenvolvimento e na otimização de produtos e serviços, bem como na qualificação dos seus colaboradores. Também é necessário estabelecer parcerias de longo prazo com as principais empresas fabricantes de ferramentas tecnológicas, fato que deve permitir a conquista e a confiança das empresas em nossos produtos e serviços;
  • Em função da rápida evolução tecnológica nos setores onde a Quality atua não se pode garantir que os padrões adotados nos produtos e serviços possam acompanhar esta evolução, o que os tornará obsoletos em comparação aos oferecidos por nossos competidores. Também não se pode garantir que as tecnologias as quais optamos por desenvolver as nossas soluções nos permitirão competir de forma eficiente no mercado;
  • Quaisquer destes eventos poderão afetar de forma negativa e substancial a receita e a geração de caixa da Companhia;

Riscos relacionados à habilidade em atrair, treinar e reter profissionais capacitados

  • A atividade da Quality depende de um grande número de profissionais e da capacidade que a Companhia tem em atrair, contratar, treinar e manter pessoal qualificado que atue principalmente em equipes comerciais e técnicas. Por ter dependência do conhecimento dos colaboradores, a perda dos seus serviços poderá atrasar ou impedir significativamente a realização dos objetivos e dos negócios da Companhia;
  • Outro ponto relevante é que atualmente há uma competição muito forte por profissionais no mercado de Tecnologia da Informação em função da carência de mão de obra especializada e este cenário pode até influenciar a capacidade de a Companhia em atrair, contratar e reter os profissionais, elevando a taxa de turnover;
  • Ciente disso, a Quality mantém uma unidade formal de treinamento em tecnologia visando ampliar sua atratividade de profissionais e a sua capacidade em multiplicar o conhecimento por meio de uma estrutura formal e profissional de disseminação de conhecimento;
  • Mesmo assim, é possível que a Companhia não consiga contratar e manter pessoal com as necessárias qualificações para atender os clientes, o que poderá afetar materialmente o seu negócio, seus resultados operacionais e a sua situação financeira. Por isso a Quality acredita ser este um fator crítico de sucesso dos negócios e da estratégia de crescimento.

Riscos relacionados à perda de membros da alta administração poderá afetar a condução de negócios da Companhia

  • A capacidade de a Companhia manter sua posição competitiva depende em larga escala dos serviços de seus executivos. Portanto, a perda dos serviços de qualquer dos membros ou a incapacidade de manter pessoal adicional para integrar a alta administração, poderá causar um efeito adverso relevante nos resultados operacionais da Companhia;

Riscos relacionados a imperfeições, falhas ou atrasos em produtos e serviços

  • A Quality está alinhada com as tecnologias e tendências mais recentes do mercado, o que se reflete nas soluções desenvolvidas por sua Fábrica de Projetos, bem como em sua Unidade BPO, onde há a terceirização dos serviços de tecnologia da informação, seja de infraestrutura ou de sistemas;
  • Em cada um dos projetos a Companhia busca focar os objetivos e necessidades dos seus clientes, oferecendo soluções que aumentem a sua produtividade e os ajudem a atingir suas metas de negócio, tudo isso dentro de padrões de qualidade e de segurança esperados;
  • Os produtos e serviços oferecidos pela Companhia são tecnicamente complexos que, quando introduzidos pela primeira vez ou lançados como novas versões, podem conter defeitos difíceis de serem detectados e corrigidos em tempos considerados aceitáveis. O regular funcionamento dos sistemas de tecnologia da informação pode ser comprometido também por falhas na infraestrutura de telecomunicação, sendo que uma interrupção prolongada poderá prejudicar o contínuo funcionamento das operações dos clientes da Companhia;
  • Assim, a existência de quaisquer falhas, defeitos e atrasos nas entregas e correções podem fazer com que o relacionamento com os clientes seja abalado, tendo como resultado a perda da reputação e da força da marca, prováveis processos administrativos ou judiciais, bem como desembolsos financeiros. A ocorrência de qualquer um desses fatores poderá afetar adversamente as atividades da Companhia.

Riscos relacionados à imagem da Companhia

  • Impactos negativos na imagem da Companhia poderão refletir na sua credibilidade, afetando seus resultados operacionais e financeiros. Seus produtos e identidade corporativa podem sofrer uma desvalorização caso surja qualquer problema que traga prejuízos à sua imagem institucional;
  • As decisões de compra por parte dos seus clientes podem ser afetadas por fatores como o reconhecimento da marca, qualidade e desempenho do produto. Se, por qualquer razão, seus clientes acreditarem que a Companhia não transmite uma boa imagem corporativa, suas atividades, situação financeira e resultados operacionais poderão ser adversa e materialmente afetados;

Riscos relacionados às decisões desfavoráveis em processos legais, administrativos e arbitrais

  • A Companhia é e pode ser réu em processos judiciais, administrativos e arbitrais no curso normal dos seus negócios, cujos resultados podem ser desfavoráveis. Decisões contrárias aos seus interesses, que eventualmente alcancem valores substanciais ou impeçam a realização dos negócios conforme inicialmente planejados, poderão causar um efeito adverso;
  • Dessa forma, a decisão final desses processos pode exceder as reservas da Companhia. Caso as provisões não sejam suficientes para pagar tais contingências quando devidas, incorrerão em custos maiores que os estimados, os quais, se significativos, poderão afetar adversamente os resultados operacionais e financeiros.

Riscos em relação à captação de recursos adicionais no futuro

  • A Quality pode precisar de recursos adicionais podendo optar por obtê-los por meio de colocação pública ou privada de títulos de dívida, ou de ações, ou de outros valores mobiliários conversíveis em ações;
  • Assim, na hipótese de financiamentos públicos ou privados não estarem disponíveis, ou caso assim decidam os acionistas, tais recursos adicionais poderão ser obtidos por meio de aumento do seu capital social;
  • A captação de recursos adicionais por meio de emissão pública de ações pode não prever direito de preferência aos atuais acionistas, o que poderá resultar na diluição da participação do investidor nas suas ações.

Riscos relacionados à segurança nas transações envolvendo os produtos ou serviços da Companhia

  • A proteção contra fraudes é de vital importância para os clientes e por esse motivo a Companhia adota medidas de segurança em seus produtos e serviços de modo a evitá-las para garantir maior privacidade e integridade nas transações;
  • A Quality sabe que estes dispositivos podem ser vulneráveis a quebras por defeitos nos mecanismos de segurança, no sistema operacional, nos aplicativos de softwares, na plataforma de hardware ou ainda pelo uso indevido por parte de usuários;
  • A captação de recursos adicionais por meio de emissão pública de ações pode não prever direito de preferência aos atuais acionistas, o que poderá resultar na diluição da participação do investidor nas suas ações.
  • Os acionistas controladores, na qualidade de detentores da maioria do capital social da Companhia, têm poderes para, entre outras matérias, eleger a maioria dos membros do Conselho de Administração da Companhia e determinar o resultado de deliberações que exijam aprovação de acionistas, inclusive em operações com partes relacionadas, reorganizações societárias, alienações de ativos, parcerias e a época do pagamento de quaisquer dividendos futuros, observadas as exigências de pagamento do dividendo obrigatório e outras exigências e restrições impostas pela Lei das Sociedades por Ações. Seus interesses podem ser conflitantes com os interesses de seus investidores.
  • Os acionistas controladores poderão ainda ter interesse em realizar aquisições, alienações de ativos, parcerias, buscar financiamentos ou operações similares que, ainda que adotados no melhor interesse da Companhia, podem ser conflitantes com os interesses dos seus investidores.

Riscos relacionados ao preço de mercado das ações da Companhia.

  • O preço de mercado das ações da Companhia reflete determinadas expectativas sobre o desempenho e crescimento futuros, particularmente a cada trimestre. No entanto, suas receitas podem variar entre os trimestres causando variações significativas nos resultados operacionais e financeiros e na taxa de crescimento em relação a períodos anteriores. Qualquer queda nas receitas ou lucros relativos a suas projeções, ou projeções de analistas de mercado, poderá ter um efeito adverso imediato no preço das ações. Adicionalmente, o preço pode estar sujeito a variações não diretamente relacionadas ao desempenho individual da Quality, mas ao desempenho de outras Companhias comparáveis.
  • O preço das ações da Quality pode variar significativamente em resposta a diversos fatores, incluindo: i) anúncio de novos produtos e/ou aperfeiçoamentos dos produtos existentes da Companhia e/ou dos seus concorrentes; ii) inovações tecnológicas da Companhia e/ou dos seus concorrentes; iii) variações trimestrais nos resultados operacionais da Companhia e/ou dos seus concorrentes; iv) alterações nas receitas e taxas de crescimento de determinadas unidades de negócios ou produtos específicos, ou, ainda, categorias de produtos; v) especulação da mídia e/ou do mercado financeiro; vi) condições gerais de mercado relacionadas ao mercado; e vii) anúncio e conclusão de fusão ou outras transações significativas pela Companhia ou por seus concorrentes.

Riscos relacionados ao não desenvolvimento de um mercado líquido para as ações da Quality

  • O mercado de ações brasileiro é significativamente menos líquido do que os principais mercados de ações internacionais. Algumas características do mercado de ações brasileiro podem limitar substancialmente a liquidez deste mercado. Caso um mercado líquido para as ações da Quality não se desenvolva, seus acionistas poderão enfrentar dificuldades para vender suas ações emitidas ao preço e na ocasião em que desejarem.

Riscos relacionados à captação de recursos por meio de emissão de novas ações.

  • A Companhia poderá captar recursos por meio da emissão pública ou privada de novas ações, seja para dar continuidade ao seu plano de crescimento ou por outras razões. Caso o preço de emissão dessas ações exceda o valor contábil, os acionistas que subscreverem tais ações poderão sofrer a diluição do valor patrimonial de seu investimento.

Riscos relacionados à necessidade de recursos adicionais no futuro.

  • A Companhia poderá necessitar de recursos adicionais no futuro, seja para dar continuidade ao seu plano de crescimento ou para outras razões. Esses recursos poderão não estar disponíveis nos montantes compatíveis com suas necessidades ou em condições favoráveis aos seus interesses. Caso a Companhia necessite de recursos de terceiros, tais como empréstimos e financiamentos, não poderá garantir que condições como prazo, custo e garantias sejam favoráveis.
  • A eventual captação de recursos de terceiros em condições desfavoráveis poderá afetar adversamente seus resultados e, consequentemente, reduzir o valor das suas ações.

Riscos relacionados ao não pagamento aos acionistas de dividendos ou juros sobre o capital próprio

  • De acordo com o seu Estatuto Social, a Quality deverá distribuir aos seus acionistas no mínimo 25% do lucro líquido ajustado em conformidade com a Lei das Sociedades por Ações. No entanto, a Companhia poderá deixar de distribuir dividendos ou juros sobre o capital próprio em algumas hipóteses, como a inexistência de lucro líquido no exercício social ou a inexistência de saldo positivo nas contas de lucros acumulados e reservas de lucros.
  • De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, a distribuição de dividendos deixará de ser obrigatória no exercício social em que os órgãos da administração informarem à assembleia geral ordinária serem os dividendos incompatíveis com a situação financeira da Companhia.
  • A Companhia Quality Software S.A. não possui controladas e coligadas e por isto não há riscos vinculados às mesmas.
  • Para prestar os seus serviços a Companhia depende, em parte, da tecnologia que licencia de terceiros de forma não exclusiva. Tais tecnologias podem ser revogadas ou não serem renovadas, refletindo no desenvolvimento dos produtos e serviços da Companhia e consequentemente no aumento dos custos e redução de desempenho de serviços.
  • Por outro lado, atrasos e/ou incapacidade de cumprimento das obrigações contratuais por parte dos fornecedores poderá afetar adversamente a produção, as vendas e as receitas da Quality.
  • A Companhia pode não conseguir manter ou renovar os contratos existentes com seus clientes importantes. Seu sucesso depende, de certa forma, da sua capacidade de reter seus clientes significativos e manter ou aumentar o nível das suas receitas oriundas destes clientes, incluindo, particularmente, as receitas de determinados contratos de médio e longo prazos.
  • Uma parcela significativa da receita da Companhia está concentrada em vinte clientes, representando, no exercício social findo em 2012, a aproximadamente 70% da receita bruta anual Companhia.
  • Apesar de a Companhia realizar contratos de médio e longo prazo com os clientes, não há garantia de que os contratos com os principais clientes serão renovados ou prorrogados ou que a Companhia obterá dos principais clientes uma receita equivalente no futuro.
  • Adicionalmente, se a Quality falhar em antecipar mudanças tecnológicas ou melhorar, integrar e atualizar seus produtos e serviços de maneira rápida e de acordo com o ambiente regulatório e econômico de seus clientes, ou posição ou preço dos seus produtos e serviços para atender a demanda do mercado, os clientes podem optar em não adquirir novos produtos e serviços, o que pode ter um impacto adverso significativo nos negócios, na situação financeira, nos resultados operacionais e fluxos de caixa.

Riscos relacionados à competitividade

  • A Quality enfrenta concorrentes locais e internacionais em todas as áreas do seu negócio e poderá ainda enfrentar a concorrência de novos participantes. Sua participação de mercado poderá ser reduzida se não for capaz de manter-se competitiva. Isso poderá ocorrer se não mantiver preços e vendas compatíveis com seus concorrentes ou se os seus concorrentes adquirirem ou introduzirem novos produtos ou adicionarem novas funcionalidades aos produtos existentes por meio de avanços tecnológicos ou modernizações impulsionadas por exigências regulatórias ou econômicas.
  • O alto nível de concorrência neste mercado pode limitar a capacidade de crescimento da Companhia ou exercer pressão sobre os preços dos seus produtos e serviços, reduzindo suas receitas e afetando adversamente os seus negócios.

Riscos relacionados à evolução tecnológica

  • O sucesso da Companhia depende da sua capacidade de implementar e integrar novos serviços e alinhá-los à demanda dos clientes. Tendo em vista os constantes avanços tecnológicos do mercado de TI e de BPO, as necessidades dos clientes são cada vez mais complexas e estes demandam constantemente novos serviços.
  • A capacidade de manter uma posição de liderança no mercado no futuro dependerá da capacidade da Quality de desenvolver novas soluções ou de se adaptar a mudanças tecnológicas e de padrões de mercado, bem como de melhorar o desempenho dos seus serviços e respectiva confiabilidade. As adaptações às mudanças tecnológicas podem envolver investimentos substanciais, que poderão afetar seus resultados operacionais e situação financeira.

Riscos relacionados aos mercados de atuação

A Quality atua principalmente nos setores de óleo e gás, financeiro, seguros, jurídico e serviços. Assim, quaisquer eventos que afetarem negativamente estes setores, incluindo fatores macroeconômicos, redução dos investimentos públicos, restrição de crédito, problemas com fornecedores, redução do poder de consumo dos clientes entre outros, fugirão ao controle da administração da Companhia e poderão causar um efeito material adverso nos resultados operacionais e na situação financeira da Companhia.

Qualquer mudança na legislação, ligada ao negócio da Companhia, pode afetar adversamente suas operações, custos, rentabilidade e competitividade, diante das potenciais dificuldades que a Quality poderá ter para atualizar e/ou criar novas versões de seus produtos.

Atualmente a Quality tem operado apenas no mercado brasileiro, mas poderá enfrentar as dificuldades, a partir do momento em que atuar em países estrangeiros, como: i) mudanças regulatórias imprevistas; ii) incapacidade de atrair pessoal e gerir operações fora do Brasil; iii) mudança da legislação tributária; iv) mudanças das políticas e regulamentos comerciais e de investimento; v) dificuldades no registro e proteção de marcas e softwares; vi) adoção de medidas de proteção, subsídio e outras formas de favorecimento governamental a concorrentes originários de tais mercados estrangeiros; e vii) barreiras culturais e linguísticas.

Caso um ou mais desses riscos se materializarem, e a Companhia não for capaz de superá-los, a Companhia poderá ficar incapacitada de implementar sua estratégia de expansão internacional.


CÓDIGO
imgCapctha